BLOG

Consultora de viagens conta detalhes importantes sobre a Islândia

Em Coluna do Viajante Viagens de lazer

Nossa consultora de viagens Thais Marcuci faz uma postagem completa sobre a maravilhosa Islândia.

islandia

A recente popularidade do turismo na Islândia é bem merecida. A ilha nórdica tem muito a oferecer aos seus visitantes. A Islândia é um país de contrastes geológicos extremos. Amplamente conhecida como a Terra do Fogo e do Gelo, ela abriga algumas das maiores geleiras da Europa e alguns dos vulcões mais ativos do mundo. Das fontes termais naturais ao litoral escarpado, a Islândia imediatamente encanta com suas paisagens épicas e escassas e o misticismo persistente, além do majestoso espetáculo das luzes do norte, também conhecida como aurora boreal, que é uma das primeiras coisas que vem a mente quando se pensa em Islândia.

A melhor época para visitar a Islândia é durante o Verão, quando há mais horas de sol, porém, mesmo nessa época, o mau tempo (chuva e ventos intensos) não é incomum. O clima instável da ilha geralmente significa que você pode experimentar as quatro estações em um único dia. Por ser a época mais procurada, coincidentemente, os valores, nesse período é mais alto que nas demais épocas do ano. Meses como Maio e Setembro podem ser alternativas para quem busca um valor um pouco melhor, sem comprometer a qualidade da viagem.
Recomenda-se viajar entre Junho e Agosto pois nesse período todas as estradas de montanha estão abertas e todas as trilhas mais famosas são acessíveis. Em outras datas as estradas podem estar fechadas enquanto descongelam da cobertura de neve do inverno. É nesses meses, também, que é viável avistar diversas espécies de baleias, martas e golfinhos, que navegam pelo Atlântico.

golfinhos-islandia
islandia-2
islandia-3

Um dos principais atrativos da Islândia são suas águas termais. Os spas e piscinas térmicas costumam estar abertas o ano todo e são especialmente cheias no período do verão, quando o país recebe a maior parte de seus viajantes. Para aproveitar melhor esse tipo de atividade o recomendável é visitar em Setembro ou início de Outubro, quando o fluxo de turistas já diminuiu e as estradas ainda não estão com neve.
Um dos passeios mais populares da Islândia é ao longo do Círculo Dourado, uma rota que passa por algumas das vistas mais emblemáticas do país, incluindo campos de pôneis islandeses. Esses pequenos cavalos foram criados pelos vikings para resistir a climas difíceis, apesar de seu pequeno tamanho. Há mais atividades do que você terá tempo para aproveitar, paddle boarding, passeios a cavalo, passeio de helicóptero ou até mesmo mergulho e snorkel.

Não se assuste com o frio, as roupas para snorkeling são próprias para a atividade desenvolvida na localidade e manterão você aquecido. Uma coisa é certa: você não vai querer perder a Fenda Silfra. A Silfra é uma fissura entre as placas tectônicas norte-americana e eurasiana no Parque Nacional Thingvellier.
O local de mergulho e snorkeling em Silfra fica exatamente onde os dois continentes se encontram e se afastam cerca de 2 cm por ano. Silfra é o único lugar no mundo onde você pode mergulhar diretamente em uma fenda entre duas placas tectônicas.

hh

Além de toda essa atividade diurna, um dos motivos pelo qual a Islândia se destaca é a Aurora Boreal.
Para evitar decepções, você nunca deve planejar sua viagem à Islândia apenas para a aurora boreal, porque o clima é muito incerto e você precisará de três fatores essenciais para vê-la: escuridão, condições claras e um aumento na atividade solar.
A melhor maneira de otimizar suas chances de ver a aurora boreal na Islândia é visita-la em meados de outubro a março, quando você se estende por horas noturnas e buscar opções de campos (mais ou norte possível) para reduzir a poluição da luz ambiente.

mergulho-islandia

Viajar de carro pela Islândia é uma opção bastante popular. Os pontos turísticos ao longo do caminho são numerosos e de tirar o fôlego, porém, essa paisagem bonita também pode criar desafios que os motoristas podem não ter encontrado em outros países. Certifique-se de estar totalmente preparado e conhecer as regras da estrada.

Confira abaixo algumas dicas para dirigir pela Islândia e evitar contratempos:

1 – O sistema rodoviário islandês é extenso e fácil de navegar. Rodovia n. 1, também conhecido como Ring Road, é a rota mais percorrida pela Islândia. Está aberto durante todo o ano, mas as condições meteorológicas podem causar fechamentos temporários durante o inverno. A maioria das rodovias principais é pavimentada, mas grande parte do sistema rodoviário islandês é formado por estradas de cascalho.

2- Você deve sempre dirigir por estas estradas com cuidado, pois o cascalho solto pode dificultar a condução. Tenha cuidado ao passar por outro veículo. Areia e pedras pequenas podem facilmente causar danos aos carros, como pára-brisas rachados ou riscos na pintura.

3 -Esteja atento a sinalização.
Sinais de aviso especiais indicam perigo à frente, como curvas acentuadas, mas geralmente não há sinal separado para reduzir a velocidade. Por favor, escolha uma velocidade segura de acordo com as condições. Os motoristas são obrigados por lei a usar faróis em todos os momentos, dia e noite. O uso do cinto de segurança é obrigatório.
A lei islandesa proíbe qualquer condução sob a influência de álcool e dirigir enquanto fala em um telefone celular também é proibida.
O limite geral de velocidade é de 50 km/h em áreas urbanas, 80 km/h em estradas de cascalho em áreas rurais e 90 km/h em estradas de asfalto.
Mapas são incrivelmente úteis. Peça mapas de estradas e mapas da Islândia em escritórios de turismo locais, livrarias ou postos de gasolina. Sempre leve um mapa detalhado.
As estradas de montanha são muito estreitas. O mesmo vale para muitas pontes, por onde passam apenas para um carro de cada vez. Além de não ter uma superfície de asfalto, as estradas na montanha, as vezes, possuem ventos muito fortes. As viagens podem, portanto, demorar mais do que o esperado.

4 – Dirigir na Islândia exige certa atenção às condições climáticas. Especialmente se você planeja viajar para as terras altas. Tenha certeza que você tem o carro certo. Um veículo 4×4 é essencial nas terras altas, onde você pode encontrar terrenos acidentados. As estradas das terras altas estão fechadas nos períodos de inverno e o clima às vezes faz com que outras estradas sejam fechadas também.

5- Se dirigir no inverno, você pode se preparar para enfrentar neve, estradas geladas e escuridão. Se você estiver viajando fora de áreas povoadas, certifique-se sempre de verificar as condições meteorológicas e o estado do seu veículo. Por mais divertido que a natureza islandesa seja, você ainda vai querer encontrar o caminho de volta eventualmente.

A Islândia ainda foi pouco desbravada e é o lar de belas paisagens. É perfeito para aventuras ao ar livre, durante todo o ano. A paisagem serve como um cenário épico para qualquer atividade que você tenha em mente. Mas não acredite em nossa palavra. Confira por si mesmo. Consulte nossas opções de viagem para este maravilhoso destino

thais

Thaís Marcuci

Consultora de viagens na Positivo Turismo – Graduada em Turismo pela Universidade Estadual do Paraná e atuante na área desde 2005. Amplo conhecimento nos principais destinos nacionais, internacionais e cruzeiros marítimos e fluviais. Consultora em constante atualização e capacitação. Antenada sobre os destinos que serão tendência para suas próximas viagens.

Voltar