BLOG

Destinos para aventureiros

Em Roteiros Viagens de lazer

O coração acelerado, a adrenalina, a respiração ofegante, o esforço, os obstáculos, as situações inusitadas, paisagens e ambientes diferentes, sensações novas e até um pouco de medo, quem gosta de aventura sabe do que estamos falando! Um pouco de ação em nossas vidas faz muito bem e é por isso que existe tanta gente aventureira, que vão para lugares longe da cidade para renovar as energias se desafiando na natureza e em esportes radicais. E há destinos que são perfeitos para quem gosta de uma mistura de aventura e adrenalina! Confira aqui:

Deserto do Atacama - Chile

Para se aventurar não é preciso ir para muito longe, você pode optar por alguns destinos brasileiros e/ou também visitar nosso vizinho Chile, que possui o título de melhor destino de turismo de aventura há 3 anos seguidos, 2015, 2016 e 2017! Se ele recebe este título, é porque deve ter alguma muito interessante por lá, né? E tem! Um dos lugares mais famosos se chama Deserto do Atacama, o deserto mais árido do planeta. E mesmo sendo um deserto, há muito o que fazer por lá. Você pode visitar as lagoas de Meñiques e Miscanti, que são cheias de flamingos, e fazer trilhas nos vulcões e salares em volta; pode ver erupções de água quente, um dos céus mais estrelados do mundo e até paisagens que lembram a superfície da Lua e de Marte! O Atacama oferece tantos programas que o tempo de viagem nunca é suficiente para realizar todos, então prepara a água e o fôlego, pois o calor e alta altitude não darão trégua.

atacama

Shark Alley - África do Sul

Você gosta de nadar no mar? Provavelmente sim, quem não gosta, não é mesmo? E nadar num mar que é usado como um território de caça por tubarões brancos? Dai a história já é outra. Mas se você tiver realmente coragem de fazer isto, o local que você procura se chama Shark Alley, na África do Sul. Localizado próximo a vila de pescadores de Gansbaa, a 160 km a leste de Cape Town, o canal é considerado um dos melhores destinos para ver tubarões do mundo. Mas não se preocupe, você fará o mergulho em uma jaula e não virará isca de tubarão! Os meses de maio a outubro são o momento ideal para mergulhar em gaiola, pois os tubarões tendem a se dispersar no verão. A observação de baleias ao longo da costa de Gansbaai também é excelente, especialmente entre maio e dezembro, época de acasalamento e amamentação de filhotes das baleias francas. Também há várias trilhas pelos penhascos de De Kelders, em Gansbaai, que incluem cavernas, fynbos e vistas do oceano espetaculares, para completar ainda mais o passeio!

shark

Queenstown - Nova Zelândia

Além de ter o privilégio de reunir milhares de paisagens exuberantes em um lugar só, a Nova Zelândia possui geleiras, montanhas, praias, vulcões e etc, tudo em um só lugar, um prato cheio para os aventureiros de plantão. E o país é realmente o destino dos amantes de adrenalina, pois é lá onde você irá encontrar a capital mundial dos esportes radicais, a cidade de Queenstown! A cidade é considerada perfeita para a prática dos mais variados esportes de aventura, graças a sua geografia composta por montanhas, vales, lagos, córregos e áreas com densa vegetação. E é lá que o Bungee Jumping surgiu sabia? Lá também tem um dos maiores pontos de bungee jumping do mundo, com 134m de altura. Nossa dica é visitar o teleférico Skyline Queenstown, que liga a cidade ao topo da montanha Bob’s Peak, onde é possível saltar de bungee jump, andar de ludge (espécie de carrinho de rolimã) , praticar downhill, voar de parapente ou apenas curtir o restaurante com vista 450 metros acima do Lago Wakatipu. Está preparado para esse destino?

wueens

Kilimanjaro - Tanzânia

Misture vida animal, savana, safáris e o ponto mais alto da África, então lhe damos Kilimanjaro, no norte da Tanzânia. Com 5.895m de altura, é monte Kilimanjaro é o ponto mais alto da África, é cercado pela savana e seu cume é formado pela cratera do antigo vulcão Kibo. A montanha é um local muito procurado para o trekking, aproximadamente 20 mil pessoas buscam alcançar o topo da montanha por ano. Há diversos trajetos possíveis, como as vias Marangu, Machame, Mweka e Shira. Outro percurso bastante procurado é o que alcança o pico Uhuru, a partir da vila de Arusha. Lá, é possível entrar na cratera vulcânica coberta por geleiras e acampar. A subida é relativamente fácil, sendo dificultada pelo frio e pela altitude. Há diversas rotas para serem exploradas na região onde fica o Monte Kilimanjaro, todas passam por cânions, desertos e encostas com vistas marcantes. Prepare as pernas para a escalada e câmera caso encontre os cinco grandes da África por lá (leão, o elefante Africano, o Búfalo, o leopardo e o rinoceronte negro ou o branco)

kili

Não importa o destino, ou a finalidade da viagem, a Positivo Turismo te levar para qualquer lugar!

Voltar