BLOG

Por quê visitar a Jericoacoara no Ceará?

Em Roteiros Viagens de lazer

Assim como outros destinos, o nosso Brasil também esconde belos e surpreendentes destinos por aí! E um dos mais belos (e distantes) se chama Jericoacoara, no Ceará! O O destino está apenas no ranking das 10 praias mais bonitas do mundo e é uma das únicas praias do Brasil onde você pode ver o sol se pondo no mar! Jericoacoara era uma antiga vila de pescadores, que conseguiu preservar sua essência, tanto que lá não existe asfalto e para chegar também é uma viagem e tanto.

A 300Km de Fortaleza, chegar a Jericoacoara pode ser uma dura tarefa, não é recomendável que você tente chegar de carro particular, é aconselhável que ele fique em Jijoca e o resto da viagem (cerca de 40 minutos) seja feita de 4×4. Se seu carro for 4×4, você pode contratar um guia em Jijoca para dirigir seu veículo pelas dunas até Jeri. Chegar até lá é difícil, mas vale a pena. E nós contaremos o por quê:

Sol o ano inteiro

Em Jericoacoara, ou Jeri para os chegados, é calor o ano inteiro, então você pode escolher a melhor época para você que sempre um sol forte e uma linda praia estarão te esperando. Mas a melhor época para visitar Jeri é entre julho e dezembro, pois praticamente não chove. E também é a época dos ventos fortes, o que atrai vários kitesurfistas e windsurfistas para se aventurarem nos mares cearenses. Ao longo do ano, Jeri tem mínimas sempre acima de 22ºC e máximas entre os 30ºC e 35ºC.

sol

Características únicas

Sim, Jericoacoara é bem longe e de difícil acesso, por um lado é ruim, mas o lado bom de toda essa história, é que esta distância fez o pequeno vilarejo manter toda sua essência e tradição! Primeiro, lá não é permitido a entrada de carros particulares e todas as suas ruas são de areia e terra, dando um charme diferente para a cidade. Lá também não há iluminação elétrica para não ofuscar a luz da lua e das estrelas, então imagine como será o céu lá.

E apesar de toda essa simplicidade e rusticidade, o vilarejo possui hotéis e restaurantes modernos e sofisticados. E uma das características mais únicas deste pequeno paraíso, é que Jeri é um dos únicos lugares do Brasil onde o sol se põe no mar. Imagine o espetáculo!

por-do-sol

Praias, lagoas, dunas e a Pedra Furada

Jeri não é chamada de paraíso à toa, o destino é um cenário paradisíaco com lagoas de água doce, praias cristalinas, dunas dos mais variados tamanhos, vegetação natural e natureza que não acaba mais. Começando pelas lagoas: A Lagoa da Tatajuba possui águas tranquilas e ideais para banho. A Lagoa de Jijoca se divide em duas: Lagoa Azul e do Paraíso. A primeira tem bancos de areia e água límpida. A Lagoa do Paraíso é a mais famosa e possui a coloração mais bonita da região e redes são montadas dentro da água para descanso. A Lagoa do Coração é pequena e pouco conhecida, perfeita para quem procura tranquilidade.

Quanto as praias: A Praia de Jericoacoara é a mais próxima da vila e a de mais fácil acesso, na maré baixa tem águas calmas e boa infraestrutura com bares e restaurantes. A Praia da Malhada recebe surfistas e a Praia do Preá, como possui ventor fortes, é muito procurada pelos praticantes do kitesurf. Uma das grandes atrações da região é a Duna do Pôr-do-Sol, que faz com que os turistas subam seus 30 metros para ter uma visão privilegiada do sol se pondo.

E depois de tudo isso ainda tem mais: A Pedra Furada, o cartão postal de Jeri, que só é possível visitar quando a maré está baixa. Caminhe até ela desde a Vila de Jeri, passando por incríveis piscinas naturais. O local é de tirar o fôlego, a caminhada cansará um pouquinho, mas a paisagem fará suas energias recarregarem.

pedra-furada

A vida noturna de Jeri

Jericoacoara pode ser pequena, mas lá a diversão é grande. Jeri é incrivelmente aconchegante, rústica, simples e convidativa ao mesmo tempo. Seus habitantes e turistas por lá são todos muito simpáticos e todos dispostos a fazer novos amigos. Seus restaurantes e bares são, praticamente, todos com música ao vivo animados ao som de forró e atraem todo tipo de público: os que querem tranquilidade e também os que amam uma baladinha!

Durante a noite quente, várias barraquinhas de caipifrutas são montadas no final da Rua Principal, junto da praia. Muitas pessoas ficam por ali conversando e tomando drinks, especialmente o “capeta”, capifrutas ou capirinhas.

noite

O paraíso brasileiro está esperando a sua visita. Se programe, faça suas rotas e venha com a Positivo Turismo!

Voltar