7 passeios surpreendentes em Cape Town na África do Sul - Positivo Turismo - Agência de turismo em Curitiba

BLOG

7 passeios surpreendentes em Cape Town na África do Sul

Em Cape Town lá vou eu Intercâmbios

A África do Sul é repleta de belezas naturais que raramente são encontradas em outras partes do mundo. Existem inúmeras opções para o turista que vão desde os passeios pelo habitat de leões e elefantes até a visita a locais históricos, como a prisão na qual o líder Nelson Mandela ficou preso.
Conheça alguns passeios surpreendentes na África do Sul.

capetown

Table Mountain (Montanha da Mesa)
A Table Mountain é um dos passeios mais populares na Cidade do Cabo. É uma das sete maravilhas naturais do mundo. Um dos pontos turísticos mais conhecidos e freqüentados pelos turistas que visitam a África do Sul.
O visitante pode chegar até o topo caminhando pelas trilhas ou embarcando em um bondinho que está ativo desde 1929 levando os turistas ao topo da Table Mountain em um percurso de 1 quilometro e 200 metros. O bondinho tem o chão giratório o que proporciona uma vista de 360º graus aos seus passageiros durante a subida.
A vista lá de cima é de tirar o fôlego, pois é possível ver toda a cidade. Nos dias que apresentam muito vento ou neblina, o bondinho que leva ao topo da Table Mountain é fechado.
Para não perder a sua viagem sempre consulte o site oficial para saber se o bondinho está operando. Você pode comprar os ingressos antecipados no site oficial https://www.tablemountain.net/

Robben Island
A Ilha Robben é o local no qual Nelson Mandela esteve preso por mais de duas décadas. Na visita, os turistas são acompanhados por um guia e alguns deles inclusive, foram prisioneiros políticos junto com Mandela e conhecem algumas histórias vividas pelo ex-presidente da África do Sul na Robben Island.
Robben Island é o símbolo único e representa “o triunfo do espírito humano sobre a adversidade, o sofrimento e a injustiça” com uma rica história de 500 anos. A ilha é visitada todos os anos por milhares de pessoas ansiosas para entender e honrar os aspectos importantes da história da África Sul.
Atualmente, as balsas operam às 09h00, 11h00 e 13h00 de Domingo a segunda-feira. Os passageiros devem chegar o mais tardar 30 minutos antes das horas programadas de partida, os portões de embarque fecham 10 minutos antes da hora de partida. Esse passeio depende das condições climáticas.

#Dica: Sempre programe a compra dos ingressos com antecedência, na hora é impossível conseguir os ingressos.

Safáris
Quando pensamos na África, automaticamente vem à mente a idéia de participar de um safári.
Afinal, a possibilidade de ver de perto os animais que habitam a região é uma experiência única. Lugares que se podem fazer um safári saindo de Johanesburgo são as reservas do Krueger Park e Pilanesberg essa ultima você pode fazer de carro uma viagem de aproximadamente de 03 horas de duração saindo de Johanesburgo.
Normalmente, esses passeios são realizados em um veículo aberto 4×4 que vai até os animais em seu habitat natural. Assim, é possível conhecer um pouco da rotina de girafas, elefantes, leões, zebras e rinocerontes, além de apreciar a beleza da natureza desses locais.
Existem várias opções de safári para os turistas em reservas privadas próximas de Cape Town, porém são menores que o Kruger Parque. É uma opção para quem não vai visitar Johanesburgo e quer ter a experiência de fazer um safári.
Outra opção de passeio na região de Oudtshoorn é visitar as várias fazendas de avestruz. A cidade é conhecida como a capital do avestruz.Por lá O turista pode adquirir casacos, sapatos e carteiras de couro de avestruz e saborear a carne dessa ave que é vermelha e lembra a carne de gado. Eu prefiro e recomendo o carpaccio de avestruz. Ainda em Oudtshoorn se tiver tempo não deixe de visitar as formações geológicas de Cango Caves.
Próximo a Port Elizabeth a pedida é um safari no Addo Elephant National Park com uma manda de aproximadamente 600 animais.
Um safári menos conhecido pelos turistas, mas não menos interessante é o Sea Safári para avistar o temido tubarão branco, golfinhos e baleias. A melhor época para avistar as baleias é nos meses de Julho a Dezembro em Hermanus.

Camps Bay
A Camps Bay é uma praia de água cristalina e areia branca, cercadas por grandes montanhas formações conhecidas popularmente por Doze Apóstolos. O local fica a aproximadamente 20 minutos do centro de Cape Town, em uma região na qual residem as pessoas com maior poder aquisitivo na cidade com belas residências dignas de filmes de Hollywood. A Camps Bay possui uma boa estrutura para atender os turistas, com restaurantes, bares e hotéis.

Hout Bay
Na Hout Bay (uma bela baía repleta de lojas e com uma paisagem deslumbrante), o turista pode fazer um passeio de barco que vai até a Seal Island, uma pequena ilha repleta de focas. A possibilidade de ver de perto um pouco da rotina desses simpáticos mamíferos é uma experiência marcante para toda a família. Outra opção de passeio na região é o Hout Bay Harbour Market lá você vai encontrar gastronomia, artesanato local, objetos de decoração e roupas.
#Dica: Para verificar os dias de funcionamento do Hout Bay Harbour Market visite o site oficial https://www.bayharbour.co.za/

Bungee Jump na Bloukrans Bridge
A Bloukrans Bridge fica na Garden Route é uma aventura imperdível para quem gosta de emoções fortes. Afinal, a ponte tem 216 metros de altura e você pode fazer um salto de Bunge jump do meio da ponte. O salto é acompanhado por especialistas e é realizado com toda a segurança. Eu pulei e posso dizer que é uma experiência que vale a pena.
#Dica: Não se esqueça de agendar com antecedência o seu pulo.

Vinícolas
A África do Sul possui alguns dos vinhos mais premiados do mundo, são mais de 300 anos produzindo bons vinhos. As regiões produtoras mais populares são de Stellenbosch e Franschhoek. Algumas vinícolas, além da degustação dos famosos vinhos Sul Africanos oferecem hospedagem e muitas atividades como trilhas a cavalo, passeios de bicicleta e piqueniques. Algumas vinícolas têm excelentes restaurantes dignos de estrela Michelin. Nos passeios pelas vinícolas, o turista pode ver de perto como eles são produzidos. Na Groot Constantia, por exemplo, que é a vinícola das mais antigas da África do Sul, o visitante pode fazer a “wine tasting”. No roteiro desse passeio, o visitante vai até a fábrica da vinícola e acompanha todo o processo de produção dos vinhos, do plantio das uvas até a degustação do produto final.
#Dica: Não deixe de provar o famoso vinho Pinotage que é uma cepa de uva típica da África do Sul.

Voltar